Dicas para ter menos frizz

Frizz: palavra pequena, mas que enlouquece muita gente.

No grupo dos amantes, ele é atraído pelo famoso pente garfo, secador sem difusor e até mesmo com as próprias mãos. Já na rodinha dos que odeiam, evitamos fazer tudo isso para não “piorar” o temido frizz. Entretanto, existe também o grupo dos desinformados. Os que não tem a menor ideia do que fazer para evitar ou até mesmo amenizar os fios desalinhados e arrepiados. Se você se identifica com a terceira opção, continua aqui comigo que eu te ajudo.

Hidrate semanalmente

Além de reduzir o frizz, proporciona maciez, brilho e reduz danos causados pelo secador, chapinha e exposição ao sol.
Recomendo seguir o cronograma capilar até o cabelo ficar saudável e depois hidratar pelo menos uma vez por semana. Procure por uma tabela de acordo com suas necessidades.

Óleos vegetais são amigos

Os 100% puros, é claro! Uma boa umectação pode contribuir com o crescimento de fios saudáveis e até tratamento contra a caspa.
Além disso, acrescentar uma quantidade equivalente a uma colher de chá na máscara para turbinar o efeito dela é muito bom para ter resultados melhores nas hidratações.
Outra alternativa também é aplicar uma pequena quantidade nos fios com o cabelo molhado (se tiver o cabelo ondulado/cacheado/crespo, faça isso antes do creme) e escolher um que ofereça proteção térmica (caso vá utilizar alguma fonte de calor depois). Confira a tabela abaixo:

Óleo de argan (aprox. 220°C)
Óleo de coco (aprox. 180°C)
Óleo de semente de uva (aprox. 220°C)
Óleo de abacate (aprox. 270°C)
Óleo de girassol refinado (aprox. 230°C)
Óleo de soja refinado (aprox. 232°C)
Óleo de amêndoa (aprox. 216°C)

Estude as técnicas Low Poo/No Poo

Shampoos com sulfatos fortes possuem uma ação detergente muito agressiva. Eles tem o poder de remover coisas ruins e também coisas boas, como a hidratação e oleosidade natural da nossa raiz.
A limpeza em excesso gera muitos problemas como um couro cabeludo ressecado, caspas e fios danificados. Por isso que no low poo seus ingredientes de limpeza não são tão prejudicais.
Já no caso do no poo, abolimos o uso do shampoo e utilizamos condicionadores que contenham componentes capazes de limpar os fios de um jeito menos agressivo. É ótimo para cabelos ressecados e quimicamente tratados.

Condicionador e água fria para selar as cutículas

Dependendo do pH da máscara, ela em si já é capaz de selar as cutículas. Entretanto existem casos que é preciso fazer o uso do condicionador para o fio “segurar” a hidratação por mais tempo.
Com relação a água fria, ela também é boa para selar as cutículas e evitar o temido frizz. Assim que terminar o banho, mude a temperatura do chuveiro e deixe cair um pouco no cabelo.

Toalha de algodão/micro fibra e fronha de cetim

Troque sua toalha convencional e jamais esfregue os fios para secá-los. Isso causa frizz, aumenta a porosidade e ainda pode ocasionar a quebra.
Outra dica é “quebrar” a película (durinho do creme) com a toalha de algodão.
A fronha de cetim no travesseiro também é uma boa amiga, porque não causa atrito. Assim os fios deslizam na hora de dormir, ao invés de serem amassados.

Esses são os métodos que tenho o costume de fazer para evitar que o frizz apareça demais na minha rotina.
Lembrando que frizz é algo totalmente normal em qualquer tipo de cabelo e muitas pessoas adoram esse detalhe. Já o frizz em excesso pode ser solucionado se tomarmos os devidos cuidados. Siga essas instruções e veja se nota uma melhora.

E ai, você faz algo diferente que não foi citado aqui? Me conta nos comentários.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s