Resenha Lama Negra – Skala

Quando comecei a pesquisar e entender os ingredientes contidos nas composições dos produtos que uso no dia a dia, me vi sem nenhuma opção segura para usar e cuidar do meu cabelo.

Mesmo que eu tenha tomado a decisão de investir em cosméticos que não contenham nenhuma ou menos química polêmica/nociva/duvidosa, resolvi prosseguir com as resenhas de tudo que ainda não escrevi e acho que seria útil para pessoas que não se importam com esse tipo de questionamento.

Importante ressaltar que vou usar tudo até o fim para não produzir muito lixo ao descartar o que ainda pode ser aproveitado e também por não ter condições $$ de trocar tudo no momento.

Já compartilhei com vocês três resenhas de produtos da Skala que comprei com o meu próprio dinheiro. Todavia, recebi da loja Meu Cabelo Natural o potão Lama Negra liberado para low poo/no poo para testar e vou contar o que eu achei.

As opiniões a seguir são sinceras e não estou sendo paga para isso.

Minha opinião

A galera fica enlouquecida com os produtos da Skala, mas eu não acho tudo isso não. Pelo contrário, acho que os famosos potões não contém ingredientes bons o suficiente para tratar um cabelo realmente danificado ou até mesmo levemente ressecado.

Clique nas fotos para visualizar melhor.

 

Quando fiz o teste da Maionese Vegana, o meu cabelo estava em perfeito estado. Por isso acabei criando uma resenha positiva. Mas com o tempo, senti que o shampoo, máscara e creme para pentear só estavam estragando o meu cabelo.

 

Consistência: média

Composição: Aqua, Cetearyl Alcohol, Cetrimonium Chloride, Shea Butter Cetyl Esters, Parfum, Methylchloroisothiazolinone (and) Methylisothiazolinone, Citric Acid, Kaolin (and) Bentonite (and) Talc (and) Diatomaceous Earth (and) Calcium Carbonate (and) Magnesium Carbonate (and) Silica (and) Zinc Oxide (and) Sulfur (and) Charcoal Powder (Activated), Panthenol, Tocopheryl Acetate, Hexyl Cinnamal, CI 77.266.

As pessoas costumam utilizar as máscaras da Skala para várias funções. E foi exatamente o que eu fiz.

  • Pré-poo: não senti que ela desembaraçou o cabelo satisfatoriamente.
  • Condicionador/3 minutos: dificuldade para desembaraçar e não selou as cutículas.
  • Tratamento por 10/15 minutos: efeito nuvem, desalinhado, com um leve brilho, porém com frizz. Acredito que ela possa funcionar em cabelos oleosos por ter o carvão ativado que trabalha removendo o sebo em excesso.
  • Co-wash: removeu algumas caspas que eu estava quando comecei a fazer o teste dela, mas nada de muito extraordinário. Gostam de utilizar para fazer o método UCPE (umectar, condicionar, pausar e enxaguar).
  • Por fim, como Creme para Pentear, eu preferi nem arriscar considerando que a Maionese Vegana deixou o meu cabelo estranho para essa função e nas opções anteriores não tive um resultado bacana.

No entanto, vejo muita gente elogiando o produto e talvez o que não funcionou no meu cabelo, pode funcionar no seu. É tudo questão de teste!

Se quiser saber de mais algum produto da Skala, nesse post aqui no blog Mundo Poo eu citei todos os cremes da marca com indicações de uso, especificações para tipos de cabelos e as composições.

Caso tenha o cabelo bem oleoso e acha que a Lama Negra seria uma boa escolha para você, todos os produtinhos da Skala estão a venda na loja Meu Cabelo Natural por R$ 7,00.

Anúncios

1 comentário Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s