Shampoo anticaspa liberado para Low Poo

Processed with VSCO

Quando o assunto é caspa, sei que muita gente sente vergonha de falar que tem. Eu mesma, por exemplo, sempre gastei horrores com shampoos caríssimos e nunca obtive um resultado legal, até me jogar na técnica “low poo” e começar a fazer umectações. Porém, tem dias que as massinhas no couro cabeludo surgem devido ao excesso de produtos, clima, saúde e tudo mais.
Considerando o fato de que muitos interrompem o Low Poo para voltar a usar os famosos shampoos caros, decidi trazer essa dica de shampoo liberado para vocês (isso mesmo, LIBERADO).

Informações do Produto: Phytocomplex é um complexo de cereais integrais de linho, trigo e quinoa responsável por potencializar a nutrição, restauração e ação contra o envelhecimento dos cabelos e pele. O Shampoo Anticaspa Phytoervas reduz a caspa em até 80%, alivia a coceira e diminui a oleosidade do couro cabeludo sem ressecar os fios, deixando-os hidratados, macios e brilhantes. Tem como principal ativo o Bio Control, um bio normalizador do couro cabeludo a base de extratos de plantas como: Aquiléia, Sálvia, Menta e Alecrim. Quando comparado a um extrato comum. Fórmula livre de ingredientes de origem animal. Produto não testado em animais.

2017-08-02 03.47.58 1

Aqua, sodium lauroyl methylisethionate, cocamidopropyl betaine, sorbeth-450 tristearate, PEG-9 cocoate, PEG-32 distearate, PEG-175 distearate, piroctone olamine, disodium edta, achillea millefolium extract, zizyphusjoazeiro bark extract, citrus limon fruit extract, salvia officinalis, leaf extract, mentha arvensis leaf extract, rosmarinus officinalis leaf extract, quillaja saponaria bark extract, butylene glycol, allium satmum bulb extract, silanediol salicylate, triethanolamine, polysilicone-3, methylchloroisothiazolinone, methylisothiazolinone, glycerin, triticum aestivum germ extract, linum usitatissimum seed extract, chenopodium quinoa seed extract, citric acid, parfum.”

Funciona mesmo?

Olha, quando a situação tá bem feia, ele em si eu percebi que não funciona TOTALMENTE. Mas, se você fizer umectações e lavar com ele em todas as lavagens, creio que funcione sim, pois foi como eu utilizei e utilizo quando preciso de uma limpezinha extra. Não vou dizer que não resseca, porque é praticamente impossível um shampoo anticaspa não ressecar os fios. Ele deixa o cabelo bem soltinho após a lavagem, alivia a coceira e refresca na medida certa.
Uma dica para evitar o ressecamento, é usar algo como pré poo antes de aplicá-lo. Não consigo notar nenhum tipo de dano quando tomo os devidos cuidados antes de começar o procedimento.
Vale ressaltar também que a raiz fica bem volumosa com o uso dele (para quem gosta de volume).

Agora, existem casos e outros casos. Às vezes as caspas podem ser apenas acúmulo de produtos ou uma dermatite bem pesada. Por isso, é sempre bom recorrer a um dermatologista para ele avaliar o que você realmente precisa. Pode ser que só o anticaspa liberado não funcione para você como funcionou comigo? Sim! Sem dúvidas. Todos sabem que cada cabelo reage de uma forma com o que aplicamos neles. Então se o que eu aconselho aqui não funcionar em duas semanas, você realmente vai precisar de um tratamento mais potente. E, infelizmente, vai ter que largar sim o Low Poo por uns tempos. Mas não se preocupe. Logo, logo seu couro cabeludo melhora e você poderá ingressar na técnica novamente.

O meu já está acabando e sempre que isso acontece, recorro ao site da www.ultrafarma.com.br e compro mais um, porque não vivo sem.

Em breve farei uma resenha de um shampoo anti resíduos que também é liberado. Aguardem!

Rahdapantol, o “baratinho” com Pró-Vitamina B5

Processed with VSCO with hb1 preset

Quando se trata de “batizar” a máscara para turbinar a hidratação, muitas de nós recorremos ao famoso Bepantol, certo? Porém, ao pesquisar acabei achando outras opções de produtos que também possuem o precioso Panthenol (Pró-Vitamina B5). Eu utilizava o “D-Pantenol” da marca “Salon Opus”, mas quando ele acabou, fui novamente bancar a louca das pesquisas.
Como faço o uso de alguns medicamentos, a loja “Ultrafarma” sempre foi a minha primeira opção de coisas mais farmacêuticas. E, através da loja, descobri que a marca Sidney Oliveira (nome do presidente e fundador da Ultrafarma) possui uma linha chamada Rahda. Foi assim que conheci o meu queridinho “Rahdapantol”. É bem parecido com o Bepantol, mas hoje em dia ele está custando R$ 30,00. Já o Rahda, eu paguei apenas R$ 10,00! A diferença de preço é absurda, mas em relação aos benefícios, não notei. Achei que o cabelo ficou macio e brilhoso da mesma forma.

Nas informações do produto, está escrito que o “Rahdapantol Derma Solução possui fórmula enriquecida com Dexpantol (Pró Vitamina B5), ideal para cabelos e pele com necessidade de hidratação e proteção. Nos cabelos, Rahdapantol Solução atua no processo de hidratação. Os fios de cabelo são estruturas feitas de fibras de queratina recobertas por uma camada de células chamadas cutículas. No interior das cutículas existe a presença de água que garante as propriedades naturais dos fios, como: brilho, textura, maleabilidade e maciez. Na pele, Rahdapantol Solução auxilia no processo de renovação natural da pele. Seu uso é indicado para cabelos, couro cabeludo, áreas depiladas e pós barba.”

Modo de uso: Nos cabelos, aplique Rahdapantol Solução nos fios, já limpos, espalhando com as mãos ou com a ajude de pente. Sem necessidade de enxágue. Na pele, molhe um algodão com Rahdapantol Solução e aplique delicadamente sobre a área desejada.

Composição: Agua, panthenol, phenoxyethanol/methylisothiazoline, citric acid.

Pois bem, fugindo um pouco do modo de uso, gosto de utilizar metade de uma tampinha do produto para 2 ou 3 colheres da minha máscara de hidratação escolhida. Deixo agir de 20 a 30 minutos, dependendo da máscara, enxáguo e uso algum condicionador para selar. O cabelo fica perfeitamente hidratado.

Esses dias comprei a versão em creme e estou testando para poder resenhar para vocês. Não deixem de me acompanhar, hein?

Então essa foi a minha dica de “Panthenol” baratinho e vocês encontram nesse link aqui www.ultrafarma.com.br

Até a próxima!

Resenha “Clear Condicionador Nutritivo Anticaspa – Crescimento & Força”

Processed with VSCO

Eu sei que tem uma lista enorme de condicionadores sendo lançados por aí, mas esse da Clear funcionou muito comigo e decidi esperar acabar para poder fazer uma resenha dele.

O que o fabricante diz:

“O Condicionador Anticaspa Clear Crescimento e Força proporciona mais saúde, fortalecimento e crescimento saudável aos cabelos frágeis e ao couro cabeludo enfraquecido. A sua fórmula possui colágeno, o qual repara da raiz às pontas os cabelos. Ideal para o uso diário”.

Já fazia um tempo que aqui em São Paulo estava fazendo um friozinho pesado e agora no inverno só piorou (óbvio). Então, resolvi testar uma forma de utilizá-lo como nunca havia utilizado antes. Sempre optei por usá-lo como condicionador normalmente ou para hidratar um pouco minha raiz, pois ele pode ser aplicado desde a parte de cima por fazer parte de um tratamento anticaspa e de crescimento. Quanto ao crescimento, não sei se fez alguma diferença, pois faço umectações com frequência e meu cabelo sempre cresceu bem rápido, mas em relação as caspas, eu senti sim que ele deu uma boa hidratada no meu courinho, evitando assim, o ressecamento que se resultava em descamações.

Como eu utilizo

> Quando vou lavar o cabelo, primeiramente molho com água e a seguir, aplico uma pequena quantidade dele na raiz como se fosse um pré poo, mas não deixo agir por 5 ou 10 minutos, porque enxáguo logo em seguida e já faço o uso do shampoo de minha preferência. Senti que ele amenizou bastante o ressecamento que o shampoo causa e também sumiu com os nós e reduziu as quebras.
Sobre condicionar, sinto que ele realmente sela as minhas cutículas. Ele é bem consistente, assim que aplico, meu cabelo fica completamente macio e soltinho, desembaraça super bem e deixa um cheirinho maravilhoso que dura mesmo após o enxágue. Muito bom!
Aplico após as hidratações ou logo após o shampoo em dias que estou com preguiça de fazer algum tratamento.

Esse condicionador é liberado para “Low poo”, caso você seja seguidor da técnica como eu. Confira abaixo a composição dele:

“Aqua, Cetearyl Alcohol, Cyclomethicone, Stearamidopropyl Dimethylamine, Dimethiconol, Parfum, Behentrimonium Chloride, Potassium Chloride, Zinc Pyrithione, Latic Acid, DMDM Hydantoin, Zinc Sulfate, Glycerin, Helianthus Annuus Seed Oil, Lysine, Methylisothiazolione, Panthenol, Pyridoxine HCI, Sodium Ascorbyl Phosphate, Tocopheryl Acetate, Hydrolyzed Collagen, CI 17200, Butylphenyl Methylpropional, Citronellol, Geraniol, Hexyl Cinnamal, Linalool”.

Eu gosto muito de comprar na www.ultrafarma.com.br, mas creio que vocês encontram em qualquer perfumaria e farmácia por aí.

E vocês, já usaram esse condicionador?

Depilação com lâmina no inverno sem danificar a pele

Chega a ser assustador o quanto minha pele fica ressecada no inverno. Por isso tento me aprofundar em todos os cuidados possíveis. E, por falar em cuidados, muitos consideram manter a depilação “em dia” uma tarefa importante. Existem os que preferem com cera, laser, lâmina, enfim… dentre todas as opções existentes, eu me encaixo no círculo da lâmina (mais conhecida como Gillette).

Processed with VSCO

Muitas mulheres que fazem parte desse time utilizam uma espuma para depilação, mas quando eu testei uma aí que não me lembro o nome, não deu muito certo na minha pele que é bem sensível e alérgica. Então fiz um teste com um sabonete líquido e já faz anos que me adaptei ao da Dove para peles sensíveis. Antigamente sua fórmula era um pouco diferente, mas a atual é bem melhor. Segue abaixo o que diz o fabricante:

“Só Dove Pele Sensível com nova fragrância mais suave combina delicados agentes de limpeza com o exclusivo NutriumMoisture. Seus hidratantes e ingredientes naturais da pele a nutrem profundamente, deixando-a muito mais macia e bonita todos os dias. Hipoalergênico e clinicamente testado.”

Processed with VSCO

Como eu utilizo

O processo é muito simples. Coloco uma pequena quantidade na palma da mão, mais ou menos do tamanho de uma moeda de 1 real, esfrego uma na outra formando uma mini espuma e aplico na pele até conseguir um efeito branco bem forte. Em seguida, faço a depilação com essa lâmina da Gillette, enxáguo e assim que saio do banho, passo o hidratante da Cetaphil para pele extremamente seca e sensível.

Importante: a lâmina precisa estar em boas condições. Eu utilizo até 4 vezes, no máximo. Em relação ao creme, não precisa ser exatamente o mesmo. Gosto desse por não atacar minha rinite e ser bem hidratante. Se desejar, use um óleo de amêndoas ou um creme de sua preferência.

Minha opinião sobre o produto

Ele não é tão consistente, mas assim que você esfrega na mão e na pele, é possível obter uma cobertura adequada e desejável para o processo de depilação. Assim que seco a pele, sinto que ela fica bem hidratada e talvez nem seja necessário passar o hidratante a seguir, mas eu gosto de passar para evitar qualquer tipo de ressecamento.

Se você acha que depilação com lâmina é algo que se resulta em pelos encravados, ressecamento e coceira, está muito enganado. Eu recomendo muito investir nesse sabonete e garanto que a partir do primeiro uso, vai ser só alegria!

Comprei todos os produtos citados no site http://www.ultrafarma.com.br

Não se esqueçam de duplicar os cuidados nesse inverno e beber bastante água é mais do que fundamental.

Até a próxima!

Dicas de como utilizar o “Óleo Essencial de Lavanda”

Processed with VSCO with h3 preset

O óleo essencial de lavanda, além de ser conhecido pelo seu aroma, possui características medicinais, com ação antifúngica, bactericida, analgésica, sedativa, anti-inflamatória e cicatrizante.
Decidi falar sobre ele, pois tenho usado com muita frequência na saúde do meu cabelo. A seguir, listarei algumas maneiras de utilizá-lo:

1 – Para a caspa

Já comentei em um post que tenho problemas no couro cabeludo que vêm e vão, dependendo da época. Gosto de acrescentar 5 gotinhas do óleo essencial juntamente ao óleo de coco para fazer umectação. O couro cabeludo fica limpinho, hidratado e alivia a coceira. Serve também para amenizar o cheirinho desagradável do “óleo de girassol” e ajuda na queda de cabelo.

2 – Insônia

Sabe aquelas bolinhas de algodão que usamos para tirar a maquiagem ou o esmalte? Pegue uma, aplique 4 gotinhas e coloque-a dentro da fronha do seu travesseiro.

3 – Para aliviar o estresse

Você tem difusor em casa? Então aproveite para relaxar e amenizar a tensão nervosa. Basta colocar 10 gotinhas de lavanda nele.

4 – Queimaduras solares ou irritações na pele

Exagerou na praia ou está com alguma alergia? Misture 10 gotas de óleo em 10 ml de água gelada e borrife no local. Pode-se substituir a água gelada por óleo de amêndoas.

5 – Peles secas e irritadas

Sem muito segredo, distribua na palma da mão a quantidade de creme que costuma utilizar e pingue duas gotinhas do óleo essencial, misture e passe na pele.

6 – Acne

Muitos já sabem que não se pode espremer as espinhas, mesmo que seja muito tentador. Então uma das soluções é pingar duas gotinhas do óleo em um cotonete e passar diretamente na acne. Repita o processo duas vezes ao dia.

7 – Mau cheiro em calçados

Coloque 5 ou 6 gotas do óleo no interior dos sapatos e deixe agir durante a noite. Repita a operação de duas a três vezes por semana para manter os sapatos limpos e desinfetados.

Essas são as dicas que considero de grande ajuda para aproveitar os benefícios do óleo essencial de lavanda. Lembrando que o óleo precisa ser 100% puro e natural. Trate de pesquisar se ele não é misturado com outros óleos essenciais, senão não surtirá o efeito desejado. O que uso é da BioEssência e vocês encontram na loja oficial da marca, mas eu gosto de comprar minhas coisinhas na http://www.meucabelonatural.com.br

E vocês, já utilizaram alguns desses métodos? Eu uso e recomendo!

“Atenção: Óleos essenciais não são remédios e em tratamentos médicos devem ser utilizados apenas como coadjuvantes. Os óleos essenciais não devem ser ingeridos.” 

Fonte de inspiração: belezaesaude.com

Finalização com Creme e Mousse

cremeemousse

Decidi fazer a primeira resenha do blog bem básica e com essas duas combinações, porque tenho admirado o resultado que essa finalização me dá.

O creme calmante da Lola é liberado para No/Low Poo e como diz o fabricante, é um “Creme leave-in que oferece um excelente resultado na definição dos cachos. Perfeito para cacheadas de todos os tipos, tamanhos e intensidades!”. Confesso que ele realmente define bastante os meus cachos e me garante um day after bem bacana e o melhor, SEM FRIZZ. Já estou no finalzinho da embalagem e posso garantir que o dito cujo funciona mesmo.
Quando comecei a transição, decidi comprá-lo, porque a princípio não gostava muito do volume do meu cabelo e quando li a palavra “calmante”, imaginei que era dele que eu precisava. Infelizmente não era, porque acho que o meu cabelo estava passando por um momento difícil ainda (haha!). Hoje ele se aderiu perfeitamente aos meus cachinhos e adoro o brilho de “cabelo bem nutrido e não oleoso” que ele me dá. Porém, tem que saber usar a quantidade certa, porque ele pode pesar! Vale ressaltar também que se você é uma pessoa que ama MUITO volume, ele não da certo de primeira. Tenho que amassar bem após a secagem e balançar a cabeça de um lado para o outro para “desgrudar” a raiz, senão meu cabelo fica bem baixinho. O pente garfo e o secador são muito úteis nessa função.

Segue abaixo o que tem na composição:

Aqua, Butyrospermim Parkii (Shea) Butter, Stearic Acid, Glycerin, Behentrimonium Alcohol, Stearamidopropyl Dimethilamine, Coconut Oil, Coconut Water, Isoamyl Laurate, Squalane, Sodium PCA, Polyquartenium-51, Polyquartenium-7, Hidroxyethyl Cellulose, Dicocodimonium Chloride (and) Isopropyl Linalool, Hexyl Cinnamal, Buthylphenyl Methylpropional, Benzil Salicylate, Coumarin, Citronelool, Citral, Benzyl Benzoate, Amylcinammal, Isoeugenol, Limonene.

Comprei no site www.meucabelonatural.com.br e sou completamente apaixonada por essa loja, pois eles só vendem produtos liberados para Low e No Poo. Então você não corre o risco de comprar algo “proibido”, caso seja seguidor de uma das técnicas.

Agora, falando sobre a Mousse Modeladora da Amend (outro palhacinho que no começo da transição não se adaptou muito bem), trata-se de uma “modelagem duradoura através da formação de um filme flexível e de aspecto natural que proporciona alta resistência à umidade e controle do volume. A combinação de Protetor Térmico e Ativos Hidratantes (Aloe Vera e Proteína do Leite) protegem os cabelos de danos causados por secador e modeladores elétricos, além de nutrir os fios, promovendo brilho e maciez. Contém Filtro Solar”. Gente, PROTETOR TÉRMICO. Isso mesmo! Não sei vocês, mas eu amo completamente produtos que tenham proteção térmica, porque não vivo sem o secador. Essa mousse me ajuda bastante na definição dos cachos e em combinação com o creme, fica uma belezinha. Gosto de utilizar no day after caso algum cacho esteja rebelde (o que é muito difícil após utilizar o creme da Lola). Só que, tenho que passar um óleo antes, senão no decorrer do dia ele me proporciona um pouquinho de frizz.

Na composição, veremos:

Aqua, Polyquaternium-55, Polysorbate 20, Propane, Butane, Propylene Glycol, Diazolidinyl Urea, Parfum, Aloe Barbadensis Extract, Dimethylpabamidopropyl Laurdimonium Tosylate, Hydrolyzed Milk Protein, Hexyl Cinnamal, Benzyl Salicylate, Butylphenyl Methylpropional, Citronellol, Linalool, Iodopropynyl Butylcarbamate, Hydroxyisohexyl 3-Cyclohexene Carboxaldehyde, Geraniol, D-Limonene, Coumarin.

Ou seja, também é liberado para No/Low Poo. Vende lá na http://www.shopbela.com.br

Espero que tenham gostado dessa dica e me contem nos comentários se vocês já utilizaram essa dupla ou se vocês fazem o uso de algum outro mousse.

Saiba identificar o que o seu cabelo está precisando

Vocês sabiam que os nossos cabelos possuem uma variedade de compostos orgânicos? Pois é! Nosso cabelo é pura química, galera. E, quando o assunto é a saúde do nosso cabelo, logo pensamos em “cronograma capilar”, certo? Porém, muitas de nós investimos em produtos baseado no que está no rótulo, quando na verdade sua composição se trata de um tratamento totalmente diferente.
Se você não está entendendo nada do que eu estou falando e ao menos ouviu falar nesse tal de cronograma, logo mais tudo vai fazer sentido.

Ainda sobre assuntos estranhos

O fio de cabelo é composto por carbono, hidrogênio, nitrogênio, oxigênio e enxofre. Quando unidos, formam uma proteína nomeada como “queratina” que representa 85% da composição do cabelo, juntamente com 12% de água e totalizando 3% de lipídios. Para melhor entendermos, o fio de cabelo se divide em três partes:

Cutícula – É a parte externa do fio, formada por escamas sobrepostas que formam uma proteção para o mesmo. É aqui que a coloração se encaixa. Então, ao entrar em contato com químicas fortes (tinturas, descolorações e alisamentos), o fio fica fragilizado.

Córtex – Refere-se a segunda e principal camada. Responsável pela hidratação interna do fio, concentrando um alto poder de queratina e definindo sua elasticidade e resistência.

Medula – Camada central que dá sustentação a estrutura do fio. Encontrada nos fios mais grossos ou brancos, é a única parte da fibra capilar que está em contato com o bulbo. É aqui que se inicia o crescimento e a distribuição de minerais e nutrientes com destino de chegada até as pontas.

Como avaliar a saúde dos fios?

Com o “Cronograma Capilar”, revezamos os cuidados dos nossos cabelos em três etapas:

Hidratação

O objetivo da hidratação é repor a água dos fios, tornando o cabelo maleável, sedoso e macio. Se o seu cabelo está embaraçando facilmente, pesado e com um aspecto ressecado, é nessa etapa que ele se encaixa.
Procure por produtos que contenham extratos vegetais, de plantas ou frutas, pantenol, glicerina, aloe vera (babosa), silicones e vitaminas.

Nutrição

Eu adoro nutrir o meu cabelo. Dificilmente uso máscaras para isso, sempre estou preferindo fazer umectações, porque além de dar um brilho maravilhoso e definir os cachos, ajuda no tratamento do meu couro cabeludo que é super sensível e chatinho.
Ao nutrir você está repondo os lipídios do fio que significa a oleosidade natural dele. Então, se ele está com frizz, sem definição, bastante volumoso e meio “morto”, é de nutrição que ele precisa.
Recorra a óleos vegetais (coco, argan, amêndoas, semente de uva, linhaça, oliva), manteigas (karité, cupuaçu, cacau, abacate), ceramidas e tutano vegetal ou animal.

Reconstrução

Recomendável preferencialmente para pessoas que utilizam ou utilizaram química, pois repõe a massa e queratina do fio, ou seja, é feita para fortalecê-los. Porém, o fato de tomar chuva, vento, usar água muito quente e shampoos com sulfatos fortes acabam sendo fatores que contribuem para um fio fraquinho, quebradiço, poroso, com queda, pontas duplas e excesso de frizz. Então, se o seu cabelo está com esses “sintomas” e com aspecto danificado, basta reconstruir de uma a duas vezes por mês, no máximo. Senão o efeito pode ser contrário e deixar o cabelo duro.
Invista em produtos com queratina, creatina, arginina, cisteína, colágeno, proteína hidrolisada do trigo (milho, etc) e aminoácidos.

Detalhes importantes

Acho que a maioria de vocês já sabem que tomar bastante água por dia é importante, não é mesmo? Isso também influencia na saúde do nosso cabelo. Como uma alimentação saudável pode contribuir, a não saudável pode danificá-lo. Por isso, é sempre bom estar consultando um profissional para avaliar o que o seu corpo precisa.

Lembrando que tudo que compartilho aqui no blog são assuntos que absorvi através de pesquisas, vivenciei e estou aqui compartilhando com vocês.

Até mais!