Pudera eu

Pudera eu esvaziar a mente. Marcar como “feito” os diversos planos anotados no caderninho guardado na gaveta do criado mudo ao lado da cama. Arrancar essa agonia de querer ser alguém importante perante esse rio de cérebros vazios que surgem na internet a cada dia sem algo útil para compartilhar, mas conseguem ganhar muito dinheiro…

Por que cancelei minha inscrição em alguns canais do Youtube?

Há alguns anos li a frase “nasci para estar em evolução constante” e aquilo não saiu da minha mente. Me identifiquei muito e diria que me encaixo totalmente nela, pois sempre gostei de modificar as coisas desde o cabelo até o lugar dos móveis na casa. Atualmente perdi o interesse por pessoas que me encantavam…

O que fazer no carnaval se você não suporta esse costume?

A quantidade de pessoas que ficam loucas para a chegada do feriado é gigantesca. Mas sei que existe uma porcentagem por aí que não suporta nem ouvir a palavra. Eu me encaixo nesse grupo. Me chame de chata ou como quiser. Não sei dizer ao certo quando começou esse desconforto, mas o carnaval é uma…

Peço desculpas se você me conheceu há cinco anos.

Sempre tive poucos amigos e o meu ciclo de amizades se somava em homens ou amigos dos meus namorados. Já tive amizades que achei que seriam para a vida inteira, mas olhando de perto vejo que talvez não tenha me sobrado ninguém. Ainda no começo de 2017, eu pensava de um jeito muito “vazio”. Tinha…

Momento de reflexão e desabafo

Já faz um tempo que ando meio perdida em pensamentos. Me questiono se o curso finalizado é isso mesmo que eu quero. Me julgo por erros que cometi e sempre estou procurando por desculpas para não fazer algo que é preciso, mas que na minha cabeça parece ser um prédio enorme de dificuldades. Toda semana…

Post de Boas-vindas!

Em transição capilar há 4 meses, decidi criar o blog para compartilhar algumas dicas e textos como uma forma de me expressar, ajudar e também encontrar uma maneira de me sentir bem comigo mesma. Amor próprio é essencial e quando se convive com a baixa autoestima desde a época da escola, é preciso muita força…